Seguidores

quarta-feira, 19 de junho de 2013

POR TANTO TE AMAR, SENHOR...

POR TANTO TE AMAR, SENHOR…
 


 Atei os meus braços com a Tua Lei, Senhor,
E nunca os meus braços chegaram tão alto!
Ceguei os meus olhos com a Tua Luz, Senhor,
E nunca os meus olhos viram tão longe!
Só desde que que Te dei a minha alma, Senhor,
Ela é verdadeiramente minha.

Por isso, hei-de subir até à Vida,
Despedaçando o corpo na subida.
Por isso, hei-de gritar, de porta em porta,
A mentira da noite sem estrelas;
Hei-de fazer florir açucenas nos meus lábios;
Hei-de apertar a mão que me castiga;
Hei-de beijar a cinza dos escombros;
Hei-de esmagar a DOR
E hei-de trazer, aqui, sobre os meus ombros,
A TUA CRUZ, SENHOR!

(Hino Litg das Horas)

Até breve

CM

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.